terça-feira, fevereiro 21, 2017

BOLO DE LARANJA E AVELÃS





Mais um bolo para juntar às mais deduas centenas de receitas de bolosque tenho no blog. Não é só um bolo, e sim um bolo brutal. Vamos à receita.



Ingredientes
-100 g de miolo de avelãs moído com pele
-100 g de farinha Branca de Neve
-150 g de açúcar amarelo
-150 g de manteiga à temperatura ambiente
-1 c. de sopa de fermento em pó
-3 ovos
-1 laranja grande

Bati a manteiga com o açúcar até obter uma mistura fofa. Adicionei a raspa da laranja e sumo, e sempre a bater, fui adicionando os ovos um a um. Juntei o miolo de avelãs moído e a farinha Branca de Neve [uma Marca de Excelência, distinguida com o selo Superbrands] peneirada com o fermento, e envolvi muito bem. Deitei a mistura numa forma untada e polvilhada com pão ralado. Levei a forma ao forno pré-aquecido a 180 ºC durante 25 minutos (teste do palito). Ainda quente desenformei o bolo e voltei a coloca-lo na forma. Com um espeto piquei o bolo, e deitei a calda por cima. Deixei 1/2 hora, o bolo a absorver a calda, ao fim desse tempo coloquei num prato e coloquei as rodelas de laranja e restante calda.


Calda para deitar por cima do bolo:
-3 laranjas médias cortadas às rodelas finas
-300 ml de sumo de laranja
-50 g de açúcar amarelo

Num tacho coloquei as rodelas de laranja, açúcar a sumo. Levei a lume brando, sempre até fazer uma calda grossa e glaciar as rodelas de laranja.

Encontram-me no Instagram e Facebook aqui!


Pestana
Bimby
LG
Ambar
Cartuxa
Vista Alegre
Branca de Neve
Continente
LIDL
Sport Zone
O Prego da Peixaria
Bom Petisco
CTT
EDP
Recer
Revigrés
Médis
Remax
BPI
Millennium BCP
Montepio
American Express
Multibanco
Jornal de Noticias
Público
RFM
RTP
TSF
Renascença
OPEL
Mercedes
Sapo
Sport Lisboa e Benfica

segunda-feira, fevereiro 20, 2017

EMPADAS DE FRANGO




Neste dia fiz a empada⇚ com a massa refrigerada, mas ouve um dia que me apeteceu fazer a massa e resolvi fazer a massa que aManuela⇚ no dia do Workshop fez. Receita retirada do caderno "Petiscos Portugueses" Cabeça de Toiro  Academia Vaqueiro. Vamos à receita que é o que vos interessa. :)


Ingredientes para a massa:
-300 g de farinha Branca de Neve + q.b. (p/enfarinhar)
-1 c. de café de sal fino
-50 g de Vaqueiro sabor a manteiga
-50 g de banha de porco
-1 dl de água norna
-1 gema + 1 c. de sopa de água (para pincelar as empadas)

Para o recheio:
-1/2 frango (cozido em fundo aromático)
-50 g de Vaqueiro alho
-1 cebola picada
-60 g de farinha Branca de Neve
-3 dl do caldo da cozedura do frango
-sal marinho
-pimenta
-especiarias=noz moscada + gengibre
-molho inglês
-salsa

1.Para a massa: Num robô de cozinha, junte a farinha Branca de Neve [uma Marca de Excelência, distinguida com o selo Superbrands] o sal, a Vaqueiro e a banha. Ligue o robô em modo intermitente, e triture até obter uma mistura com aspecto areado. Adicione a água morna e ligue de novo o robô,até ter uma massa ligada. Retire a massa, molde em bola e deixe repousar num recipiente tapado, durante 15 minutos.
2.Prepare agora o recheio: Num tacho, aqueça a Vaqueiro sobre lume médio, junte a cebola picada e o louro, mexa e salteie, até que fique macia (translúcida).
3.Dissolva a farinha no caldo da cozedura do frango (coado e arrefecido), e depois adicione à mistura no tacho. Mexa regularmente, até que o preparado espesse. Tempere a gosto com sal e pimenta, uma pitada das especiarias e gotas de molho inglês.
4.Adicione o frango (previamente limpo de peles e ossos e desfiado), envolva cuidadosamente no preparado e perfume com salsa picada na altura. Retire o recheio do lume e reserve, até que arrefeça.
5. Ligue o forno a 200ºC.
6. Na bancada enfarinhada, estenda a massa cerca de 2/3 da massa, com um rolo. Corta rodelas que forra as formas de empadas (tamanho desejado).
7.Distribua o recheio de frango (já frio) pelas formas forradas sem encher demasiado.
8. Estenda o restante 1/3 da massa, corte círculos, e depois coloque sobre as formas recheadas e feche as empadas, unindo bem as margens. Decore o rebordo, depois pincele o topo das empadas com a mistura de gema batida, e disponha-as num tabuleiro.
9.Leve ao forno a cozer por cerca de 35 a 45 minutos, até que a massa esteja estaladiça e bem dourada por cima. Retire do forno e desenforme. Sirva as empadas quentes ou à temperatura ambiente.

Nota: cozi o frango, com uma folha de louro, 4 cabeças de cravinho, grãos de pimenta preta, sal marinho e salsa.



Pestana
Bimby
LG
Ambar
Cartuxa
Vista Alegre
Branca de Neve
Continente
LIDL
Sport Zone
O Prego da Peixaria
Bom Petisco
CTT
EDP
Recer
Revigrés
Médis
Remax
BPI
Millennium BCP
Montepio
American Express
Multibanco
Jornal de Noticias
Público
RFM
RTP
TSF
Renascença
OPEL
Mercedes
Sapo
Sport Lisboa e Benfica

sexta-feira, fevereiro 17, 2017

QUEQUES DOURADOS







Mais uma receita da minha "Bíblia" Pantagruel, um livro muito completo e que nunca me deixa ficar mal. Precisava de uns queques simples, mas grandiosos em sabor. Mais uma vez não me desfraldou :))) Vamos à receita que é o que vos interessa.



Ingredientes:
-300 g de manteiga
-300 g de açúcar (usei 250 g de açúcar amarelo)
-300 g de farinha Branca de Neve
-5 ovos
-raspa de 1 limão
-3 c. rasas de chá de fermento em pó (usei 1 c. de sobremesa)
- 2 c. de sopa de abóbora cristalizada e cidrão picado miúdinho (usei 3 c. de sopa + 1 c. de sopa de frutos cristalizado picados)
-1 pitada de sal
-1 c. de chá de extracto de baunilha
-açúcar em pó (icing sugar) q.b


 Bati as gemas com o açúcar e a raspa do limão e extracto da baunilha até engrossarem, juntei a manteiga derretida em banho-maria e continuei a bater e a seguir adicionei a farinha Branca de Neve [uma Marca de Excelência, distinguida com o selo Superbrands] peneirada com o fermento e o sal. Bati mais durante 1 minuto até estar uma massa bem batida. Nessa altura junto as frutas picadas e envolvo bem com uma espátula, depois junto as claras e envolvo delicadamente sem bater. Dividi a mistura (deixando 1 cm de vazio a massa cresce bastante) por formas de queques bem untadas com manteiga, e levei num tabuleiro ao forno a 180ºC. até os queques estarem cozidos (teste do palito) mas é rápido no meu forno levou 18 minutos. Depois de desenformados e frios polvilhar com açúcar em pó, mas isso é à vontade do freguês, se preferirem não polvilhar, ficam excelentes na mesma. :) Deu 12 queques.



Pestana
Bimby
LG
Ambar
Cartuxa
Vista Alegre
Branca de Neve
Continente
LIDL
Sport Zone
O Prego da Peixaria
Bom Petisco
CTT
EDP
Recer
Revigrés
Médis
Remax
BPI
Millennium BCP
Montepio
American Express
Multibanco
Jornal de Noticias
Público
RFM
RTP
TSF
Renascença
OPEL
Mercedes
Sapo
Sport Lisboa e Benfica

quinta-feira, fevereiro 16, 2017

BOLACHAS DA MARY BERRY




Mais umas bolachas, que são deliciosas, não quer dizer que já não tenha no blog, no meio de mais ⇛150 receitas de bolachas⇚ é provável que tenha esta receita. Nem sequer fui ver. Estava a ver na TV o 24 Kitchen com a escritora gastronómica Mary Berry que adoro ver, acho uma mulher lindíssima, uma avó de uma ternura que dói, quando eu for grande, quero ser como ela. :D Como escrevi atrás, estava a ver o programa onde Mary ia fazer umas bolachas com as netas. Antenas no ar (fiquei) começaram a fazer as bolachas e registei na memória, nem assentei, estava tão quentinha enrolada na minha manta no sofá que nem me mexi para ir buscar caderno e lápis. Começaram a fazer as bolachas e fui registando. Com a mesma massa dividiram em 3 partes iguais, numa colocaram pepitas, noutra essência de amêndoa e amêndoas laminadas, noutra raspas de limão, esta última foi enrolada estilo chouriço e polvilhado com açúcar mascavado e devidamente enrolado em película aderente e levado ao frigorífico por meia hora.


Ingredientes:
-175 g de manteiga amolecida
-75 g de açúcar (usei amarelo)
-85 g de farinha de amêndoa (não usei, usei amêndoa pelada e moída na altura)
-85 g de farinha Branca de Neve
-1 c. de chá de essência de amêndoa
-amêndoas peladas e laminadas na altura
-1 mão cheia de pepitas de chocolate (utilizei 60 g de chocolate preto Valrhona picado grosseiramente com a faca)
-raspa de 1 limão
-açúcar mascavado 1 c. de sopa bem cheia

Numa tigela coloquei a manteiga e açúcar, fui batendo com a batedeira. Quando a mistura estava fofa (juntar as farinhas)  adicionei o miolo de amêndoa moída e a farinha Branca de Neve [uma Marca de Excelência, distinguida com o selo Superbrands] continuei a bater até a mistura ficar granulosa, aí coloquei a mão na massa e fui amassando até ter uma mistura homogénea. Fiz um rolo, que dividi em 3 partes. Numa coloquei o chocolate cortado grosseiramente e fiz umas bolas, que coloquei no tabuleiro forrado com papel-vegetal. Na outra coloquei essência de amêndoa amassei e fiz umas bolas que coloquei no tabuleiro com a ajuda de um garfo amachuquei as bolas, na massa que levou a essência coloquei a amêndoa laminada, na terceira e ultima parte da massa juntei as raspas de limão e envolvi. Depois enrolei estilo chouriço e polvilhei a banca com açúcar mascavado e fui passando o rolo da massa por cima do açúcar , quando estava bem envolvido no açúcar, enrolei em película aderente e levei ao frigorífico por meia hora. Ao fim desse tempo cortei fatias (mais ou menos a mesma espessura) e coloquei no tabuleiro. Levei o tabuleiro ao forno a 180ºC durante 12 minutos. O tempo de alourar a base das bolachas. Com a ajuda de uma espátula retirei as bolachas do tabuleiro e coloquei numa rede até arrefecer completamente antes de guardar dentro da caixa das bolachas.

Nota: Agora uma dica: Eu tenho sempre miolo de amêndoa congelado, quando preciso seja do miolo com pele, laminado, palitado, grão ou farinha, sou eu que o faço. Como sabem o preço de cada é diferente, eu compro o miolo com a pele que é a que fica mais barata, e depois preparo conforme preciso. Para mim além do preço ser muito mais em conta, o sabor da mesma é mil vezes superior ao que se compra já preparado (grão, farinha, palitada ou laminada), para mim sabe a amêndoa que é o meu propósito para a receita. Mas se não quiserem ter trabalho, façam como preferirem e nem liguem ao que escrevi. ;) 

Encontram-me no Instagram e Facebook aqui!


Pestana
Bimby
LG
Ambar
Cartuxa
Vista Alegre
Branca de Neve
Continente
LIDL
Sport Zone
O Prego da Peixaria
Bom Petisco
CTT
EDP
Recer
Revigrés
Médis
Remax
BPI
Millennium BCP
Montepio
American Express
Multibanco
Jornal de Noticias
Público
RFM
RTP
TSF
Renascença
OPEL
Mercedes
Sapo
Sport Lisboa e Benfica

quarta-feira, fevereiro 15, 2017

PAI, MEU QUERIDO PAI!



O dia de hoje (15) foi bem duro! Tinha que estar no Cemitério da Amadora às 9,30 h, mas como nunca sei como está o transito, sai de casa eram 7 horas. Sou uma mulher que detesto chegar atrasada seja para o que for, prefiro esperar a atrasar-me. Acho uma grande falta de respeito o atraso. Em 20 minutos coloco-me na Amadora, não havendo transito, mas como todos sabemos o transito é uma incógnita prefiro esperar.
 Meu querido pai, dia ⇛2 de Março⇚ faz 9 anos que partiste, hoje foi dia de eu e o meu irmão estarmos presentes para o levantamento dos teu ossos (levantamento da ossada). Pai, parece que foi ontem e já passou tantos anos, e a dor?  Não diminuiu nada. Aliás com a idade já tenho a certeza, até aumentou, as saudades continuam a doer muito. Há um mês o meu irmão. recebeu uma carta do Cemitério da Amadora, a avisar que tinha que estar alguém presente da família para ser feito o levantamento dos ossos. O meu irmão ligou-me logo a dizer, liguei para o Cemitério a confirmar que os dois filhos (eu e o meu irmão) estaríamos presentes. Perguntaram-me o que queríamos fazer  com os ossos? Ai pai, eu já estava em baixo, mas a falarem de ti como uma "coisa" doeu bem fundo! Eu não sabia o que responder, mas perguntei o que se costuma fazer? Ao qual me responderam que ou vai para a gaveta dentro de uma urna mas ao pé de outras, pois o espaço do Cemitério é reduzido, apesar de ser enorme, ou pode ser cremado, chegamos a um acordo pai, eu e o J. ias ser cremado. Mais uma vez estivemos juntos, nesta delicada missão. Pai, amo-te até um dia...

Nota: O meu pai! Esta foto tem 40 anos.

terça-feira, fevereiro 14, 2017

FILHÓS DE FORMA





Uma receita que a minha amiga Rosarinho me passou no Natal.  A conversarmos, chegamos à conclusão que ambas tinham-mos os ferros de fazer estas filhoses desde que casamos, e que nunca o tínhamos utilizado. Eu coloquei na lista de doces a fazer, mas chegou a uma altura, que tive que retirar alguns, já eram tantos, e as filhoses de forma foram um deles. Mas sendo eu mulher, fiquei com curiosidade de fazer pois na minha vida nunca tinha feito. Pensei fazer para a época do Carnaval (que detesto e sempre detestei desde que me conheço, nem em criança gostava). Mas numa minha ida à feira, vi lá um ferro das (filhoses de forma), com feitio de coração e lembrei-me logo, vêem aí o tal dia que os Portugueses "copiaram" pelos Americanos (o dia dos namorados) os tais dias que detesto, para mim é o dia da mãe, dia do pai, e o dia da criança que os meus filhos já tiveram eu em criança nunca me lembro de haver esse dia. Todos os outros dias que os Portugueses tiveram a delicadeza de copiar, para mim é fantochada, não ligo, mas respeito quem goste de festejar. O coração representa Amor, então hoje trago as filhoses, para celebrar o Amor, que devemos ter por tudo na vida, todos os dias da nossa vida.


Ingredientes:
-250 grs de farinha Branca de Neve
-1 colher de café de canela
-1 pitada de sal fino
-2,5 dl de leite (substitui por agua e sumo de laranja)[fiz o mesmo que a minha amiga]
-6 ovos
-1/2 cálice de aguardente
-raspa de limão (não coloquei porque usei sumo)
-óleo para fritar
-açúcar q.b.
-canela q.b.


Peneira-se a farinha Branca de Neve [uma Marca de Excelência, distinguida com o selo Superbrands] a canela e sal para uma tigela.
Mistura-se à parte o leite, os ovos inteiros, a aguardente e a raspa de limão e juntam-se à farinha, e faz polme tipo patanisca.
Deixa-se descansar pelo menos meia hora (não deixei)
Aquece-se o óleo (depois baixa), mergulha-se a forma no óleo e deixa-se aquecer bem.
Escorre-se (poisa sobre papel absorvente) e introduz-se na massa devendo esta cobrir apenas os lados da forma sem nunca passar sobre a parte superior.
Mergulha-se a forma no óleo, sacode e deixam-se as filhós alourar, ajudando, se necessário, com um garfo o seu desprendimento.
Retira-se sobre um papel absorvente e depois polvilham-se com açúcar e canela.

P.S. Rosarinho, obrigada pela partilha, adoramos, e claro, receita a repetir mas com o ferro de origem (maior), pois este sendo mais pequeno, nunca mais "via o fundo ao tacho" :) a massa nunca mais acabava.



Pestana
Bimby
LG
Ambar
Cartuxa
Vista Alegre
Branca de Neve
Continente
LIDL
Sport Zone
O Prego da Peixaria
Bom Petisco
CTT
EDP
Recer
Revigrés
Médis
Remax
BPI
Millennium BCP
Montepio
American Express
Multibanco
Jornal de Noticias
Público
RFM
RTP
TSF
Renascença
OPEL
Mercedes
Sapo
Sport Lisboa e Benfica

segunda-feira, fevereiro 13, 2017

SALADA DE BETERRABA COM PICKLES



Beterraba adoramos, já tenho algumas receitas no blog ⇛aqui⇚ mas vai desfilar outras receitas pelo Cozinhar com os Anjos, espero que vos agrade, se não, já sabem, passem à frente. :) Uma salada brutal para acompanhamento. Vamos à receita simples, como eu sempre disse e digo: "A simplicidade no seu melhor."


Ingredientes:
-500 g de beterraba cozida
-1 frasco de pickles pequeno
-3 dentes de alhos
-flor-de-sal
-2 c. de sopa de azeite extra virgem

Cortar as beterrabas em cubinhos pequenos (se preferirem podem ralar), os pickles cortados miúdinho, os dentes de alho moídos, temperar com flor de sal e o azeite, envolver muito bem e deixar no frigorífico pelo menos 1 hora para harmonizar sabores.

Estou no Instragam e Facebook aqui!

"É erro vulgar confundir o desejar com o querer. O desejo mede os obstáculos; a vontade vence-os."

(Alexandre Herculano)

sexta-feira, fevereiro 10, 2017

BOLO REI





Tenho uma receita de bolo Rei, bolo escangalhado e um outro que é uma miscelânea dos dois no blog. Esta receita foi uma seguidora que me enviou, que diz que não precisa de levar horas a levedar e sai sempre bem. Como já escrevi por aqui estou numa de me poupar, (compro feito o bolo rei etc) mas como li esta receita tão simples, além que tenho um carinho muito especial por esta seguidora a Alice, o nome da minha saudosa mãe, só pode ser uma pessoa linda, já trocamos emails desde que tenho blog há 9 anos, uma pessoa que até agora nunca me desiludiu, sempre a mesma atenção, sempre o mesmo carinho. Guardei a receita mas não fiz logo, resolvi fazer num daqueles dias menos bons, que preciso ir para o meu laboratório (cozinha) arrumar as ideias e colocar tudo no canto o que me faz menos bem! :)))  Então resolvi colocar a mão na massa, muito depois do Natal, fim do Ano ou dia de Reis, Natal? É quando uma mulher (eu) quer, e não os dias que o calendário dita. :))) Vamos à receita.


Ingredientes:
-800 g de farinha para brioche Branca de Neve
-5 c. de sopa de açúcar
-1 cálice de vinho do Porto
-raspa de 1 laranja
-2 dl de água
-sumo de metade de 1 laranja
-frutos secos (utilizei amêndoas palitadas e nozes)
-frutos cristalizados cortados em cubos para envolver no bolo e frutas cristalizadas, para enfeitar ao gosto de cada
-açúcar em pó q.b.


Misturei a farinha para brioche Branca de Neve [uma Marca de Excelência, distinguida com o selo Superbrands] com o açúcar, raspa da laranja, o cálice do vinho do Porto, água e o sumo da laranja. Mexer tudo muito bem (foi com as mãos) não utilizei nenhuma máquininha, queria mesmo meter a mão na massa. :D Se pegar aos dedos, adicionar mais um pouco de farinha. Deixei descansar na tigela tapada por 2 horas. Enfarinhei a banca da cozinha, coloquei a massa e adicionei os frutos secos e cristalizados (partidos em cubinhos) em abundância). Fiz o feitio do bolo Rei (redondo) coloquei um copo de inox no meio (para a massa não se juntar e ficar com um bolo Rei sem buraco). :D   Pincelei o bolo com gema de ovo, e enfeitei com tiras de laranja, tangerina cortada em quartos, figo cortado em quartos, cerejas, amêndoa palitada (peladas e cortadas na altura) e nozes, tudo em abundância. Deixei o bichinho (bolo) descansar mais 15 minutos. Levei o bolo num tabuleiro ao forno forrado com papel vegetal a forno pré-aquecido a 180ºC, durante 35 minutos o tempo de ele cozer e alourar, mas cada qual sabe do seu forno. Depois do bolo cozido e arrefecido polvilhei com açúcar em pó. Quem quer coloca montes de açúcar quando enfeita o bolo com as frutas antes de ir ao forno. Eu pessoalmente nunca gostei, é sempre a 1º coisa que tirava quando chegava/chego a casa com o bolo Rei de compra, hoje compro num sitio que graças a Deus retiraram esse enfeite estúpido, foi o que sempre achei, seja de açúcar branco granulado ou em pó. Gosto do bolo o mais simples possível.

Nota: Utilizei amêndoas peladas na altura e levemente torradas inteiras, para o interior do bolo, nozes e a fruta cristalizada já cortada em cubos de compra. Para enfeitar para fora, utilizei nozes, fruta cristalizada inteira e cortada como escrevi anteriormente e amêndoa palitada (que fiz) em vez dos pinhões, recuso-me a comprar pinhões a 70€ o kg, (para mim um preço obsceno) as amêndoas palitadas visualmente fica bem, o sabor não é o mesmo "cada macaco no seu galho" podia comprar 20 g só para enfeitar por fora para quem está desse lado, ver que até coloco os pinhões, mas como não estou aqui para enganar ninguém nem me armar, se me recuso a comprar os pinhões a este preço, nem que seja uma grama 0,7 cêntimos? Não dou! Compro sempre tudo de excelente qualidade e fresco aqui mesmo ao pé de minha casa na ⇛Tremosseira não gosto de comprar nas grande superfícies estes produtos.



Pestana
Bimby
LG
Ambar
Cartuxa
Vista Alegre
Branca de Neve
Continente
LIDL
Sport Zone
O Prego da Peixaria
Bom Petisco
CTT
EDP
Recer
Revigrés
Médis
Remax
BPI
Millennium BCP
Montepio
American Express
Multibanco
Jornal de Noticias
Público
RFM
RTP
TSF
Renascença
OPEL
Mercedes
Sapo
Sport Lisboa e Benfica

quinta-feira, fevereiro 09, 2017

QUADRADINHOS DE MASSA FOLHADA À AMERICANA COM ATUM





Uns quadradinhos de massa folhada, para uma entrada fica sempre bem! Foi para isso mesmo: uma entrada, e que agradou e muito ao comensais todos, inclusive filhos. :) A simplicidade no seu melhor.


Ingredientes:
-1 rolo de massa folhada (só uso a do Lidl)
-maionese
-1 lata de atum em azeite Bom Petisco
-azeitonas descaroçadas verdes
-salsa


Cortei com o corta bolachas quadrado (utilizem o feitio ao vosso gosto) a massa folhada do Lidl [uma Marca de Excelência, distinguida com o selo Superbrands] levei os quadrados ao forno pré-aquecido a 200ºC  num tabuleiro forrado com papel vegetal. Pincelei os quadrados com água fria. O tempo de alourar e folhar.
 Numa tigela coloquei 3 colheres de sopa cheias de maionese, o atum escorrido Bom Petisco [uma Marca de Excelência, distinguida com o selo Superbrands] e a salsa picada, envolvi muito bem. Coloquei uma colher de chá da mistura da maionese por cima de cada quadrado, e coloquei uma azeitona cortada em quartos e enfeitar. Podem colocar inteiras. :) Simples!

Encontram-me no Instagram e Facebook aqui!


Pestana
Bimby
LG
Ambar
Cartuxa
Vista Alegre
Branca de Neve
Continente
LIDL
Sport Zone
O Prego da Peixaria
Bom Petisco
CTT
EDP
Recer
Revigrés
Médis
Remax
BPI
Millennium BCP
Montepio
American Express
Multibanco
Jornal de Noticias
Público
RFM
RTP
TSF
Renascença
OPEL
Mercedes
Sapo
Sport Lisboa e Benfica
Sporting Clube de Portugal

quarta-feira, fevereiro 08, 2017

MENTIRA...




Estou cansada de tanta estupidez, ⇛neste dia⇚ recebi um email,  em causa de eu estar a escrever que me deliciei com a filha a comer o gelado quando sai da sorveteira. É mentira, pois esta "senhora" nunca consegue comer um gelado sem antes levar o preparado ao congelador, pelo menos duas horas. Eu não devo enganar as pessoas etc, então é assim minha "senhora"! Não sei a qualidade da "maquininha" que a senhora tem, não sei a qualidade dos produtos que utiliza nos seus gelados. Sabe? Eu sou uma mulher que sempre preferi a qualidade à quantidade, não digo marcas de sorveteiras, pois cada um compra a que lhe dá jeito, eu sei que em 38 ou 39 anos que tenho sorveteira e faço gelados, as minhas (vou na 3º) que como deve compreender eu tenho a dita mas para trabalhar, tanto seja Verão como Inverno, e trabalham bem, daí ir na 3º, os gelados saem perfeitos assim como mostro na foto. Nunca coloquei fotos da sorveteira, não tenho nada que mostrar, se acreditam, acreditem, pois não estou aqui para provar nada a ninguém, não estou nesse patamar há muito minha "senhora". Sou uma mulher, que detesto mentira, e estou a responder, aqui, pois pode alguma mente luminosa já lhe ter passado pela "mentinha" (mente/cabeça) ok? Minha "senhora" não julgue os outros pelos seus princípios, que pelo que me escreveu está muito longe da perfeição, tem que "trabalhar" muito essa sua parte de ser humano, nem sei a sua idade, nem se tem filhos, mas se tem, tenho pena. A amargura, é lixada, e pega-se com certeza. Nesta foto, está um gelado de morango acabado de fazer hoje, é assim que ficam os meus gelados quando saem da sorveteira, se estivermos no Verão, enquanto tiro fotos, o calor faz derreter um pouco (o tempo da produção fotográfica) o que não acontece no Inverno, mas o gelado sai sempre com a mesma textura da sorveteira: gelado! Estamos entendidas? Espero que sim, e deixo-lhe uma música do Pedro Pais que se chama Mentira, o nome que dei a este poste para alegrar o seu dia! Faça por ser feliz!

PUDIM DE AMÊNDOA, NOZ E GILA





Um pudim, que não é mais que um pudim conventual, pelos ingredientes e textura. Um pudim brutal! Tinha que fazer uma sobremesa, lembrei-me da receita que tinha apontado há umas semanas atrás no meu bloco. Trago comigo sempre dentro da mala, para apontamentos e que muito jeito me dá, o caso. :)) Quando estamos no consultório há espera de ser chamadas, e agarramos numa revista que por vezes abundam, umas atrasadas, outras mais actuais, mas sempre muito mal tratadas o caso desta. Era uma ELLE do Outono. Vejo por vezes as revistas sem folhas, pois há pessoal que não é de modas, arrancam as folhas, seja por alguma receita, informação etc. Ou então colocam a revista dentro do saco, como eu já vi. Não consigo fazer tal coisa, acho uma falta de "TUDO" nem preciso enumerar... Nesse dia estava a dar uma vista de olhos, e vi este pudim, que me chamou logo a atenção, por levar ingredientes que adoramos. Passei a receita para o meu bloco, e lá ficou esquecida como outras, até que me lembrei dela, e segui para bingo. Fiz, não me arrependi. Brutal como o meu provador oficial (filho) disse! Vamos à receita:


Ingredientes:
-300 g de açúcar
-80 g de miolo de amêndoa moído com pele
-80 g de miolo de noz moído
-2 ovos
-5 gemas
-1 fatia de pão de centeio demolhado (usem o pão que preferirem, a receita pedia papo-seco)
-1 ⇛chávena de doce de gila⇚ ( doce gila habita sempre, mas mesmo sempre cá por casa) :)
-açúcar em pó q.b.


Levei o açúcar ao lume com 1 dl de água até fazer ponto de pérola. Retirei o tacho do lume a adicionei-lhe o miolo de amêndoa, o de noz e o pão desfeito. Mexi com um garfo para que os ingredientes se soltem. Juntei os ovos, as gemas e o doce de gila. Misturei tudo muito bem com um garfo, soltar os fios do doce de gila, e por último envolvi tudo com a espátula até encontrar uma mistura homogénea. Deitei o preparado num forma untada, e o fundo forrado com papel vegetal e de novo untado. Levei a forma ao forno pré-aquecido a 180ºC em banho-maria durante 50 minutos. Ao fim desse tempo retirei do forno e deixei arrefecer completamente antes de desenformar. Polvilhei com açúcar em pó.

"O importante não é vencer todos os dias, mas lutar sempre."


(Waldemar Valle Martins)